Treinamentos e Palestras

NR 33 - Treinamento em Espaço Confinado

Esta Norma a NR-33 tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados e o reconhecimento, avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes, de forma a garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços.

Espaço Confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio.

     

 

Introdução

A capacitação permanente dos colaboradores bem como as ações de prevenção são fundamentais na diminuição constante do quadro de acidentes de trabalho, verificado estatisticamente no Brasil como no mundo.

Porém a real possibilidade de ocorrerem incidentes tecnológicos e/ou naturais obriga-nos a implantar planos de emergência que ajudam na redução dos prejuízos quanto a perda de vidas, bem como danos morais, sociais, psicológicos, ambientais e patrimoniais, os quais trabalhadores e empresários estão sujeitos diariamente na execução das suas atividades

Os procedimentos de capacitação dos trabalhadores previstos na NR33, adotados pela gestão de segurança, ajudam a evitar ao máximo acidentes durante os trabalhos em ambientes confinados os quais são potencialmente perigosos e anualmente são responsáveis por inúmeros acidentes fatais.

 

Objetivos

Apresentar os riscos envolvidos e capacitar os funcionários com as técnicas utilizadas em espaços confinados, em acordo com NR 33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados,  NBR 14606 – Postos de Serviço – Entrada em espaço confinado, NBR 14787 – Espaço Confinado – Prevenção de acidentes,  procedimentos e medidas de proteção, e recomendações da OSHA

 

Regulamentação

NR 33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaço Confinado, do Ministério do Trabalho;

NBR 14.787/2001 – Espaço Confinado Prevenção de Acidentes, Procedimentos e Medidas de Proteção, da ABNT.

 

Público Alvo

VIGIA / TRABALHADOR  –   carga horária  –  16 horas

SUPERVISOR  –   carga horária  –  40 horas

 

 

TRABALHO EM ALTURA

 

 

 

 

 

  

Em Março de 2012 nasceu a NR 35, e como era de se esperar trouxe inovações importantes na área da segurança para o trabalho em altura.

Considera-se trabalhador capacitado para trabalho em altura aquele que foi submetido e aprovado em treinamento, teórico e prático, com carga horária mínima de oito horas, cujo conteúdo programático deve, no mínimo, incluir:

a) normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura;
b) análise de Risco e condições impeditivas;
c) riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle;
d) sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva;
e) equipamentos de Proteção Individual para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso;

acidentes típicos em trabalhos em altura;
g) condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros.

 

Temos instrutores com proficiência renomada tendo especializações em Trabalhos em Alturas, com experiências de capacitações comprovadas.

 

NR5 CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES

As empresas privadas e públicas e os órgãos governamentais que possuam empregados regidos pela Consolidação das leis do Trabalho - CLT são obrigados a organizar e manter em funcionamento, por estabelecimento, uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA. Dependendo do Grau de Risco e número de funcionários é necessário constituir uma CIPA ou apenas designar um representante. 

Oferecer suporte a implantação, organização e renovação de sua CIPA, bem como assessoramento as suas atribuições.

 

NR 20 - Inflamáveis

 

A Norma Regulamentadora nº 20 - Segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combustíveis - determina, conforme portaria nº 308 de 29/02/2012, que os trabalhadores que laboram em instalações de processo ou processamento de líquidos inflamáveis devem realizar capacitaçãode acordo com o anexo da NR 20 e assim estarem aptos e regularizados para exercer suas atividades profissionais dentro do que dispõe a NR 20.

A capacitação prevista na NR-20 deve ser realizada a cargo e custo do empregador e durante o expediente normal da empresa e foi dividida em níveis, sendo eles: integração, básico, intermediário, avançado I, avançado II e específico, de acordo com as funções que os colaboradores exerçam nas instalações. É certo que todos os trabalhadores que laboram em instalações classes I, II ou III mesmo que não adentrem na área ou local de extração, produção, armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e líquidos combustíveis devem receber informações sobre os perigos, riscos e sobre procedimentos para situações de emergências.

 


Cursos da NR-20

 

Curso de Integração: 

 

Com duração de 4 horas/aula o curso de integração é destinado aos trabalhadores que laboram em instalações classes I, II ou III e adentram na área ou local de extração, produção, armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e líquidos combustíveis,mas não mantêm contato direto com o processo ou processamento.

 

Conteúdo programático:

1. Inflamáveis: características, propriedades, perigos e riscos;

2. Controles coletivo e individual para trabalhos com inflamáveis;

3. Fontes de ignição e seu controle;

4. Procedimentos básicos em situações de emergência com inflamáveis.

 

Curso nível Básico:

Com duração de 8 horas/aula o curso nível básico é destinado aos trabalhadores que laboram em instalações classes I, II ou III e adentram na área ou local de extração, produção, armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e líquidos combustíveis e mantêm contato direto com o processo ou processamento, realizando atividades específicas, pontuais e de curta duração.

 

Conteúdo programático teórico:

1. Inflamáveis: características, propriedades, perigos e riscos;
2. Controles coletivo e individual para trabalhos com inflamáveis;
3. Fontes de ignição e seu controle;
4. Proteção contra incêndio com inflamáveis;
5. Procedimentos básicos em situações de emergência com inflamáveis.
 
Conteúdo programático prático:
1. Conhecimentos e utilização dos sistemas de segurança contra incêndio com inflamáveis.

 

Os serviços da PREVENT-MT tem soluções na área de Saúde e Segurança do Trabalho, são realizados por profissionais qualificados e com vasta experiência, objetivamos colocar em prática todos os dispositivos legais para uma melhoria efetiva na prevenção de acidentes e doenças ocupacionais.

 

SIPAT - SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO

 

 

          PÚBLICO ALVO: Todos as Empresas e Colaboradores

          PRÉ-REQUISITOS: A critério do cliente

            CARGA HORÁRIA: 02 horas em média por palestra

 

SIPAT: É uma semana voltada à prevenção, tanto no que diz respeito a acidentes do trabalho quanto a doenças ocupacionais. É uma das atividades obrigatórias para todas as Comissões Internas de Prevenção de Acidentes do Trabalho, devendo ser realizada com frequência anual.  A Legislação da SIPAT está prevista na Portaria nº 3.214, NR-5, item 5.16 "Atribuições da "Promover, anualmente, em conjunto com o Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho - SIPAT".

 

OBJETIVO: Orientar e conscientizar os funcionários da SUA EMPRESA sobre a importância da prevenção de acidentes e doenças no ambiente do trabalho;

Fazer com que os funcionários resgatem valores esquecidos pelo corre- corre do dia-a-dia, ou seja, não só tenham idéia de segurança, mas que também pratiquem segurança.

 

 

CURSO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO/BRIGADA NR-23

 

          PÚBLICO ALVO: Trabalhadores/ profissionais que trabalham na Prevenção de Acidentes/Incêndios e/ou Brigada ou Brigada.

          PRÉ-REQUISITOS: Conforme solicitação da empresa

          CARGA HORÁRIA: (Conforme nível do treinamento NBR 14276)

 

 

CURSO DE NR–10 – SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

 

          PÚBLICO ALVO: Profissionais/ trabalhadores em atividades elétricas autorizadas.

          PRÉ-REQUISITOS: Trabalhadores em serviços com Eletricidade, tendo formação na área elétrica e/ou indicado pela empresa. 

          CARGA HORÁRIA: 40 horas

 

 

          PÚBLICO ALVO: Empregados/Todos Trabalhadores da Empresa

          PRÉ-REQUISITOS: Empregados/Todos Trabalhadores da Empresa

          CARGA HORÁRIA: 02, 04, 06 e/ou 08 horas. Conforme necessidade da empresa.

 

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

                 Importância do uso;

               Obrigatoriedade legal;

               Responsabilidades: empregados/empregador;

               Recém – Admitidos;

              Orientações sobre utilização;

               Legislação;

               Adequação de EPI por cargo, atividade, risco;

               CA;

               Treinamento conforme estipulado PPRA;

               Higienização;

               Normas e Procedimentos.

 

Exigência Legal: Portaria 3214/78 – NR 06 “ Norma Regulamentadora   do Ministério do Trabalho e Emprego.

 

 

CURSO DA NR 18. PROGRAMA DE CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDUSTRIA DA CONTRUÇÃO

 

•          PÚBLICO ALVO: Trabalhadores da Indústria de Construção

•          PRÉ-REQUISITOS: Trabalhadores em Geral, Encarregados e Supervisores

•          CARGA HORÁRIA: Em média de 06 a 08 horas, conforme necessidade da empresa.

      

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:                

•               Informações sobre as Condições e Meio Ambiente de Trabalho, Riscos inerentes a sua função, Uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual – EPI, Informações sobre os Equipamentos de proteção coletiva – EPC, existentes nos canteiros de obra.

•               Normas e procedimentos de serviços a serem realizados com segurança, Ordem e Limpeza.        

•               Obs.: O treinamento periódico deverá ser realizado sempre que se tornar necessário, ao início de cada fase da OBRA.

 

 

 

TREINAMENTO DE SEGURANÇA NO TRANSPORTE E MANUSEIO DE CARGAS

 

•          PÚBLICO ALVO: Trabalhadores/ profissionais de transporte e manuseio de cargas

•          PRÉ-REQUISITOS: A ser definido pela empresa

•          CARGA HORÁRIA: 12 horas

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO :

 

•           Conceitos;

•           Os principais riscos de transporte e manuseio de cargas;

•           Conhecendo os acessórios e seus riscos de acidentes;

•           Cuidados com os equipamentos/veículos móveis e com a carga;

•           Sinalização de segurança;

•           Normas e  procedimentos de Segurança;

Procedimentos de carga/armazenamento/circulação;

 

•       Riscos Ergonômicos;

•       Principais medidas de controle;

•       Postos de Trabalhos;

•       Maneira correta ao pegar cargas;

•       Conseqüências dos riscos ergonômicos;

•       Iluminação;

 

           Inspeção e adequação no Trabalho